Posts Tagged: Padaria

A evolução das padarias

O termo padaria é muito conhecido desde o início do Império Romano, muitos anos antes de Cristo. Seu nome vem de panificação, e foi exatamente assim que este tipo de estabelecimento começou. Nos tempos antigos padaria era o comércio de pães, ou seja, eram casas que vendiam apenas pães, e nada além disso.

Com a evolução mundial as padarias começaram a se adaptar e se atualizar, oferecendo então cada vez uma gama maior de produtos para atender as necessidades dos seus clientes até inclusive unir-se com a confeitaria, passando de uma casa de pães a um local de encontro dos clientes.

Cada vez mais surgem negócios que vão além dos antigos estabelecimentos que se resumiam aos balcões para venda de pão e leite, hoje em dia devido a falta de tempo e a correria diária as padarias e confeitarias passaram a ser muito mais do que isso.

Um bom exemplo dessa inovação é que o setor de panificação, em 2011 registrou um crescimento de 12%, justamente porque se vem seguindo tendências como em diversos países, hoje você encontra padarias com modernos espaços reservados para bate-papo com direito à Wi-fi, degustação, self-servicehappy hours, entre outros.

As principais mudanças

Como os empresários precisaram se reinventar junto com o mercado, separamos uma lista das coisas que mais mudaram desde o início das padarias:

  • O ambiente, hoje em dia as padarias oferecem ambientes aconchegantes, com mesas e cadeiras, wi-fi, climatização, espaço para leitura e muito mais, o que faz com que os clientes fiquem por muito mais tempo no espaço e com isso consumam mais produtos.
  • A diversificação, além de pães, e itens de confeitarias tradicionais, os cardápios vem ficando cada vez mais elaborados, eles vão de sanduíches a risotos, sim, muitas padarias oferecem comida também, e cabe a cada empresário conhecer sus clientes e saber o que mais lhes agrada.
  • Mini mercados, hoje em dia as padarias oferecem além de refeições prontas para consumo imediato e itens congelados ou refrigerados uma grande gama de produtos de super mercado, como produtos de higiene por exemplo, para que o cliente encontre tudo o que deseja em um só lugar.
  • Controle de consumo, no início da modalidade lancheria, as padarias ofereciam comandas de papel, nas quais as atendentes anotavam o seu consumo para ser pago posteriormente, na saída. Hoje a grande maioria está aderindo a comandas eletrônicas, com cartões magnéticos por exemplo.
  • Forma de pagamento, no início o pagamento era aceito somente em dinheiro vivo, depois evoluímos para os cheques, e hoje a maioria dos clientes paga com cartão de crédito, já que essa é a forma de pagamento que mais cresce e evoluciona. No começo os cartões eram somente para as pessoas com melhores condições financeiras e eram fornecidos somente pelo bancos, hoje em dia os estabelecimentos comerciais inclusive tem o seu próprio cartão de crédito, que é aceito em todos os estabelecimentos do país, ou até fora dele, exemplos disso são as Lojas Renner com o “meu cartão renner“.

A evolução não para

Como mencionamos, os cartões de crédito vieram para ficar, e hoje em dia a maioria das pessoas inclusive não carrega mais dinheiro consigo, pensando nisso alguns empresários já estão aderindo aos caixas rápidos em seus estabelecimentos, os quais o cliente passa a sua comanda e realiza o pagamento sozinho com o seu cartão de crédito, sem a necessidade de esperar na fila do caixa convencional, agilizando assim o atendimento.

Como abrir uma padaria

O pão segue os passos do homem desde a antiguidade até os dias de hoje. Se no princípio a alimentação básica era a caça e a extração de frutas e raízes, ele desenvolveu a agricultura como principal fonte de alimentação, assim tendo destaque as sementes de trigo e cevada.

Mesmo no Egito, milhares de anos A.C., pães já era assados sobre pedras quentes, considerados alimentos básicos pela população e até mesmo oferecido aos deuses.

Mais de 400 padarias existiam em Roma na época do Império de Júlio César, pois significava poder, quanto mais um imperador realizava a distribuição de pães, maior era sua popularidade.

O país que mais contribuiu para a evolução da panificação moderna foi a França, pois o pão francês é encontrado em todo o mundo, destacando-se pelas características de ter um gosto suave e crocante.

Assim, diante de toda a importância cultural do pão e seu característico sabor que cai no gosto dos brasileiros, uma padaria pode ser um empreendimento de sucesso.

Hoje estes estabelecimentos encontram-se num estágio de transição, inclusive podendo ser confundidos com um mini-mercado, uma loja de conveniências, uma delicatessem, uma “boutique” de pães ou tudo isto misturado. Um pouco de cada um, esta é a realidade da “nova padaria”.

Como abrir uma padaria?

Ao começar do zero, o futuro empreendedor da padaria deve ter em mente detalhes essenciais.

Local

Pesquise bairros ou comunidades que haja público para os produtos que você vá vender na sua padaria. Por exemplo, um bairro residencial que não haja um estabelecimento como esse. Pode procurar também um bairro maior mas que tenha poucas padarias ou uma padaria pequena, se localizando estrategicamente.

Perfil do consumidor

É importante conhecer seu futuro cliente, pois é necessário oferecer produtos que estão em alta no mercado, bem como outros mais refinados.

Concorrência

Análise da concorrência é imprescindível, pois irá trazer informações importantes do negócio e como você pode aprimorar o seu, para não ficar atrás de novas ideias.

Burocracia

Na fase anterior a operação da padaria, é altamente recomendado contratar um contador para auxiliar em todo processo burocrático que envolve a legalização do negócio, bem como as boas formas dele. Para isso, é necessário realizar certos procedimentos, como:

  1. Registro na junta comercial;
  2. Obtenção de CNPJ na Secretaria da Receita Federal;
  3. Obtenção de alvarás da prefeitura municipal e corpo de bombeiros;
  4. Enquadramento na Entidade Sindical Patronal;
  5. Cadastramento no Sistema de Conectividade Social – INSS/FGTS;
  6. Alvará de licença sanitária.

Equipamentos e investimentos necessários

Serão necessários alguns equipamentos que podem variar de acordo com o porte do estabelecimento. Os essenciais são:

  • Fornos;
  • Amassadeira;
  • Cilindro;
  • Modeladora;
  • Divisora de massa;
  • Assadeira;
  • Armários de fermentação;
  • Balança;
  • Mesa de preparo;
  • Batedeira profissional;
  • Fôrmas;
  • Câmara de crescimento;
  • Esteiras;
  • Resfriador;
  • Balcões;
  • Balcões refrigeradores;
  • Fatiadeira;
  • Geladeira;
  • Freezers verticais;
  • Xícaras;
  • Taças;
  • Copos;
  • Pratos;
  • Talheres;

Além de outros! Pois ainda, você precisará adquirir os equipamentos e itens para escritório, como computador, mesa e telefone, além de um veículo para transporte.

Produto

Qual pão você irá comercializar? De quem você comprará os produtos alternativos? É importante focar na conveniência e na variedade de produto. Além disso, á aqueles itens que não estão ligados diretamente aos pães, mas que não devem faltar em padaria, como café, leite e refrigerante.

Inovação

Crie produtos! Cafés da manhã para empresas, Kit festas, self-service, entre outros são produtos e serviços que é possível oferecer neste novo conceito de padaria. Ideias como essas dão bons resultados nas padarias, além de cativarem clientes.

Equipe

Para uma padaria de pequeno porte não é necessária uma grande quantidade de funcionários. Um padeiro, atendente, caixa, confeiteiro e um auxiliar de cozinha são profissionais suficientes para a operação de sua padaria. A qualidade de sua equipe interfere na qualidade dos produtos, afinal, serão eles que farão a maior parte dos produtos comercializados em sua padaria.

Por isso, busque contratar um bom padeiro, que faça bons pães, bem como bons confeiteiros, para que sua padaria seja famosa por oferecer lanches deliciosos. Com certeza facilitará sua popularidade e aumentará seu lucro!