As expectativas de vendas no setor de padarias para o final do ano

Após um ano tão turbulento quanto foi e está sendo 2020, nada melhor que a retomada do turismo para tentar alavancar os diversos empreendimentos que sofreram uma queda brusca ao longo do ano. Em especial, podemos dizer que neste fim de ano, o setor de padarias possui um grande potencial para tentar se recuperar financeiramente.

Além da retomada do turismo em algumas cidades, as festas para a virada do ano podem contribuir de forma significativa para que tais negócios, comecem o ano 2021 com o pé direito.

As expectativas para o mês de dezembro são tantas, que as projeções feitas pelo Sindicato da Panificação, preveem que alguns estabelecimentos irão precisar de mais trabalhadores para que possam dar conta da alta demanda. Geralmente, as pessoas tendem a preferir comprar pães, bolos e panetones em padarias artesanais devido ao cuidado tido durante o processo de fabricação desses alimentos.

Dessa maneira, acaba sendo uma época que beneficia não somente os funcionários e dono de tais estabelecimentos, mas sim, indivíduos que perderam o seu emprego devido a pandemia causada pelo Coronavírus. Portanto, essas expectativas previstas chegaram como uma forma positiva para encerrar esse ano.

Final de ano pode ajudar o setor de padarias?

Bom, segundo as informações dadas pelo presidente do Sindicato da Panificação, Vinícius Dantas, a resposta é sim. Para ele, “o momento é muito importante para o segmento. A gente acredita que as vendas irão repercutir de forma positiva. Acredito que teremos um natal com mais vendas do que o ano anterior. As ceias despontam como trabalho diferenciado da panificação”.

Porém, devido a crise que vem assolando todas as regiões do Brasil, os empreendimentos que se destacarem e oferecerem o melhor para os seus clientes, terão uma maior vantagem. Uma vez que, ninguém irá recomendar locais onde não há uma boa limpeza, comida e atendimento são outros pontos que podem ajudar bastante na hora de atrair mais clientes.

Sendo assim, é muito importante que os novos e antigos funcionários saibam como atender os clientes, mas sem os bajular, da mesma forma que o padeiro e demais profissionais que estarão na cozinha, saibam conquista-los pelo estômago. Um bom atendimento, uma boa comida e um bom marketing nas redes sociais, fará seu negócio decolar rapidamente, principalmente nesse período do ano.

Durante a pandemia, grande parte da população não saia de sua casa nem para comprar os pães para um café da manhã. Então, todos esses meses de isolamento social afetaram grandemente o setor de padarias, cerca de quase 80% estabelecimentos tiveram perdas em seu orçamento e estão na expectativa que as coisas melhorem neste último mês.

Como atrair mais clientes para o seu negócio?

Cada estabelecimento sabe o padrão de clientes que frequentam o local, principalmente aqueles que visitam de forma regular. Para ajudar no financeiro, é possível traçar perfis dessas pessoas, e assim, tentar elaborar estratégias para atrair um público ainda maior. Como estamos no mês das festas natalinas, há infinitas possibilidades para aumentar fluxo de clientes.

Por esse motivo, é sempre ideal trabalhar com profissionais que sejam atentos as novidades que surgem no setor de padarias, para que estes possam fazer releituras no local onde trabalha. Existem diversos cursos, alguns inclusive são gratuitos, para que possam aprimorar e fazer comidas que atraiam mais clientes.

setor de padarias

A decoração de Natal é algo que pode atrair mais clientes. Fonte: Reprodução/Internet

A época de Natal é bastante simbólica, então, porque não investir em uma decoração que remeta a essa data importante. Afinal, nem todos os clientes que passam por uma padaria são adultos ou idosos, sendo assim, não podemos esquecer dos mais novos. As crianças são quase como o espírito natalino, são por elas que os pais saem nas ruas atrás de comidas deliciosas, para celebrarem uma data tão especial.

Para atender quem prefere continuar mantendo o isolamento social, é imprescindível que a loja ofereça o serviço de delivery. Portanto, esse poderá ser um grande diferencial quando somado com as guloseimas preparadas pelos profissionais, para deixar a noite de natal e ano novo ainda mais alegre.

A busca por produtos oriundos da panificação cresce nesse período devido as festas em famílias, amigos ou colegas de trabalho. Sendo assim, para que o setor de padarias tenha o seu momento positivo nesse ano, se faz necessário que o estabelecimento promova cardápios diferenciados, assim como serviços de entrega, boa comida, atendimento e decoração especial.

Panetones e Chocotones – As novidades do Natal 2020

O mês de dezembro é marcado pela infinidade de comidas gostosas, mesmo assim, é sempre comum ter a velha e famosa discussão entre os familiares, a respeito do sabor dos panetones e chocotones. No entanto, esse ano de 2020 o que não irá faltar são opções para que você e sua família possam desfrutar de um natal recheado com comidas e doces que vão dar água na boca.

Não há como negar que o sabor tradicional de chocolate ou brigadeiro são uma excelente opção. Porém, é sempre bom quando entramos em uma loja e nos deparamos com novos sabores. Foi pensando nisso que as empresas que atendem essa área resolveram fazer para deixar o final do ano ainda mais especial. São inúmeros novos sabores, que estão sendo produzidos pelas grandes empresas no decorrer desse mês.

Para que você garanta o seu sabor preferido e os de seus familiares, é melhor ir logo em busca dessas gostosuras, antes que possa ser tarde demais. Pensando em te ajudar a encontrar apenas os melhores, abaixo fizemos uma lista para que você tenha conhecimento do que há de novo no mercado atualmente. Mas, se não houver nenhum que agrade o seu paladar, o melhor é ficar sempre com o tradicional.

Confira os 4 melhores panetones e chocotones para o Natal 2020

Apesar de muitos odiarem a ideia de colocar uvas passas dentro do arroz natalino, é um fruto que já é característico do Natal, quase como se fosse parte da tradição. As mudanças que as empresas fizeram esse ano não fora somente nos sabores, mas sim, na massa e composição da mesma.

Panetone de uvas passas com gotas de chocolate do Eataly

Considerada por muitos uma das maiores empresas que vende panetones no Brasil, a Eataly é bastante conhecida por seus produtos, sejam as receitas de origem nacional, bem como as importadas diretamente da Itália. Dentre os seus 20 panetones italianos famosos, está o queridinho em vendas, nomeado como Cioccuvetta.

panetones e chocotones

Panetone Cioccuvetta do Eataly. Fonte: Reprodução

Essa gostosura está sendo vendido por R$ 49,95 em sua versão de 550 gramas. É feito com amêndoas e uma cobertura açucarada que deixa o panetone com o doce na medida certa. Além disso, possui gotas de chocolate ao leite em seu interior em um contraste com as uvas passas.

Chocottones Bites da linha Bauducco

Sempre marcando presença no decorrer do ano, a Bauducco não poderia deixar de contribuir para que o Natal em família pudesse ser ainda melhor e mais saboroso. Além disso, os preços de seus produtos são bastante atrativos. Contendo pedaços de panetones e chocotones, a nova linha chega a custar R$ 8,99 pesando 100 gramas.

panetones e chocotones

Chocottone Bites. Fonte: Reprodução

Para as crianças ou até mesmo adultos que comem em uma quantidade menor, a empresa busca lançar essas opções menores devido ao fato que são menos procurados que o panetone. Mesmo assim, ambos os produtos valem a pena serem experimentados.

Panetone de doce de leite com pedaços de nozes da Havanna

Mais uma empresa estrangeira que veio se estabelecer em solo brasileiro com as receitas típicas do seu país de origem, a Argentina. Para adocicar o Natal 2020, a Havanna criou a linha de Panetone de Nozes com Dulce de Leche, incrementando em sua receita, as nozes serão encontradas em pequenos pedaços, além do recheio vir em dose dupla. Pelo o que foi anunciado, em seu interior o sabor será nozes com o tradicional doce de leite argentino.

panetones e chocotones

Panetone de nozes com doce de leite da Havanna. Fonte: Reprodução

Ou seja, duas nacionalidades em somente uma comida. É uma viagem pela gastronomia brasileira e argentina, no quesito de doces. Para saborear esse exemplar, será preciso desembolsar R$ 84,90 em um produto que pesa 550 gramas. Esse é somente mais uma das delícias entre panetone e chocotone que estarão disponíveis nesse Natal.

Chocotones da Carmella Patisserie

Visando atrair mais clientes nessa época do ano, sejam jovens, adultos ou crianças, o cardápio conta com inúmeros recheios, que variam desde Nutella, brigadeiro de chocolate belga ao leite, brigadeiro de pistache e brigadeiro de noz pecan. Para as crianças, a loja dispõe dos minis-chocotones, que chegam a pesar em torno de 190 gramas e custam R$ 75.

panetones e chocotones

Chocotones da Carmella Patisserie

Há também as opções maiores, que são perfeitos para casais ou para comer reunido com toda a família. Esses clássicos chegam a pesar entre 500 gramas e 1,1 quilo. Os valores em ambas as ocasiões são: R$ 195,00 (Nutella), R$ 169,00 (brigadeiro belga), R$ 199,00 (pistache) e R$ 185,00 (noz pecan).

Esses são os melhores e mais buscados panetones e chocotones para o Natal 2020. Para garantir o seu, basta ir em uma das fabricantes e efetuar a sua compra. No entanto, há outras opções que podem ser do seu agrado, caso nenhuma dessas citadas acima te deixou com água na boca.

A evolução das padarias

O termo padaria é muito conhecido desde o início do Império Romano, muitos anos antes de Cristo. Seu nome vem de panificação, e foi exatamente assim que este tipo de estabelecimento começou. Nos tempos antigos padaria era o comércio de pães, ou seja, eram casas que vendiam apenas pães, e nada além disso.

Com a evolução mundial as padarias começaram a se adaptar e se atualizar, oferecendo então cada vez uma gama maior de produtos para atender as necessidades dos seus clientes até inclusive unir-se com a confeitaria, passando de uma casa de pães a um local de encontro dos clientes.

Cada vez mais surgem negócios que vão além dos antigos estabelecimentos que se resumiam aos balcões para venda de pão e leite, hoje em dia devido a falta de tempo e a correria diária as padarias e confeitarias passaram a ser muito mais do que isso.

Um bom exemplo dessa inovação é que o setor de panificação, em 2011 registrou um crescimento de 12%, justamente porque se vem seguindo tendências como em diversos países, hoje você encontra padarias com modernos espaços reservados para bate-papo com direito à Wi-fi, degustação, self-servicehappy hours, entre outros.

As principais mudanças

Como os empresários precisaram se reinventar junto com o mercado, separamos uma lista das coisas que mais mudaram desde o início das padarias:

  • O ambiente, hoje em dia as padarias oferecem ambientes aconchegantes, com mesas e cadeiras, wi-fi, climatização, espaço para leitura e muito mais, o que faz com que os clientes fiquem por muito mais tempo no espaço e com isso consumam mais produtos.
  • A diversificação, além de pães, e itens de confeitarias tradicionais, os cardápios vem ficando cada vez mais elaborados, eles vão de sanduíches a risotos, sim, muitas padarias oferecem comida também, e cabe a cada empresário conhecer sus clientes e saber o que mais lhes agrada.
  • Mini mercados, hoje em dia as padarias oferecem além de refeições prontas para consumo imediato e itens congelados ou refrigerados uma grande gama de produtos de super mercado, como produtos de higiene por exemplo, para que o cliente encontre tudo o que deseja em um só lugar.
  • Controle de consumo, no início da modalidade lancheria, as padarias ofereciam comandas de papel, nas quais as atendentes anotavam o seu consumo para ser pago posteriormente, na saída. Hoje a grande maioria está aderindo a comandas eletrônicas, com cartões magnéticos por exemplo.
  • Forma de pagamento, no início o pagamento era aceito somente em dinheiro vivo, depois evoluímos para os cheques, e hoje a maioria dos clientes paga com cartão de crédito, já que essa é a forma de pagamento que mais cresce e evoluciona. No começo os cartões eram somente para as pessoas com melhores condições financeiras e eram fornecidos somente pelo bancos, hoje em dia os estabelecimentos comerciais inclusive tem o seu próprio cartão de crédito, que é aceito em todos os estabelecimentos do país, ou até fora dele, exemplos disso são as Lojas Renner com o “meu cartão renner“.

A evolução não para

Como mencionamos, os cartões de crédito vieram para ficar, e hoje em dia a maioria das pessoas inclusive não carrega mais dinheiro consigo, pensando nisso alguns empresários já estão aderindo aos caixas rápidos em seus estabelecimentos, os quais o cliente passa a sua comanda e realiza o pagamento sozinho com o seu cartão de crédito, sem a necessidade de esperar na fila do caixa convencional, agilizando assim o atendimento.

Como abrir uma padaria

O pão segue os passos do homem desde a antiguidade até os dias de hoje. Se no princípio a alimentação básica era a caça e a extração de frutas e raízes, ele desenvolveu a agricultura como principal fonte de alimentação, assim tendo destaque as sementes de trigo e cevada.

Mesmo no Egito, milhares de anos A.C., pães já era assados sobre pedras quentes, considerados alimentos básicos pela população e até mesmo oferecido aos deuses.

Mais de 400 padarias existiam em Roma na época do Império de Júlio César, pois significava poder, quanto mais um imperador realizava a distribuição de pães, maior era sua popularidade.

O país que mais contribuiu para a evolução da panificação moderna foi a França, pois o pão francês é encontrado em todo o mundo, destacando-se pelas características de ter um gosto suave e crocante.

Assim, diante de toda a importância cultural do pão e seu característico sabor que cai no gosto dos brasileiros, uma padaria pode ser um empreendimento de sucesso.

Hoje estes estabelecimentos encontram-se num estágio de transição, inclusive podendo ser confundidos com um mini-mercado, uma loja de conveniências, uma delicatessem, uma “boutique” de pães ou tudo isto misturado. Um pouco de cada um, esta é a realidade da “nova padaria”.

Como abrir uma padaria?

Ao começar do zero, o futuro empreendedor da padaria deve ter em mente detalhes essenciais.

Local

Pesquise bairros ou comunidades que haja público para os produtos que você vá vender na sua padaria. Por exemplo, um bairro residencial que não haja um estabelecimento como esse. Pode procurar também um bairro maior mas que tenha poucas padarias ou uma padaria pequena, se localizando estrategicamente.

Perfil do consumidor

É importante conhecer seu futuro cliente, pois é necessário oferecer produtos que estão em alta no mercado, bem como outros mais refinados.

Concorrência

Análise da concorrência é imprescindível, pois irá trazer informações importantes do negócio e como você pode aprimorar o seu, para não ficar atrás de novas ideias.

Burocracia

Na fase anterior a operação da padaria, é altamente recomendado contratar um contador para auxiliar em todo processo burocrático que envolve a legalização do negócio, bem como as boas formas dele. Para isso, é necessário realizar certos procedimentos, como:

  1. Registro na junta comercial;
  2. Obtenção de CNPJ na Secretaria da Receita Federal;
  3. Obtenção de alvarás da prefeitura municipal e corpo de bombeiros;
  4. Enquadramento na Entidade Sindical Patronal;
  5. Cadastramento no Sistema de Conectividade Social – INSS/FGTS;
  6. Alvará de licença sanitária.

Equipamentos e investimentos necessários

Serão necessários alguns equipamentos que podem variar de acordo com o porte do estabelecimento. Os essenciais são:

  • Fornos;
  • Amassadeira;
  • Cilindro;
  • Modeladora;
  • Divisora de massa;
  • Assadeira;
  • Armários de fermentação;
  • Balança;
  • Mesa de preparo;
  • Batedeira profissional;
  • Fôrmas;
  • Câmara de crescimento;
  • Esteiras;
  • Resfriador;
  • Balcões;
  • Balcões refrigeradores;
  • Fatiadeira;
  • Geladeira;
  • Freezers verticais;
  • Xícaras;
  • Taças;
  • Copos;
  • Pratos;
  • Talheres;

Além de outros! Pois ainda, você precisará adquirir os equipamentos e itens para escritório, como computador, mesa e telefone, além de um veículo para transporte.

Produto

Qual pão você irá comercializar? De quem você comprará os produtos alternativos? É importante focar na conveniência e na variedade de produto. Além disso, á aqueles itens que não estão ligados diretamente aos pães, mas que não devem faltar em padaria, como café, leite e refrigerante.

Inovação

Crie produtos! Cafés da manhã para empresas, Kit festas, self-service, entre outros são produtos e serviços que é possível oferecer neste novo conceito de padaria. Ideias como essas dão bons resultados nas padarias, além de cativarem clientes.

Equipe

Para uma padaria de pequeno porte não é necessária uma grande quantidade de funcionários. Um padeiro, atendente, caixa, confeiteiro e um auxiliar de cozinha são profissionais suficientes para a operação de sua padaria. A qualidade de sua equipe interfere na qualidade dos produtos, afinal, serão eles que farão a maior parte dos produtos comercializados em sua padaria.

Por isso, busque contratar um bom padeiro, que faça bons pães, bem como bons confeiteiros, para que sua padaria seja famosa por oferecer lanches deliciosos. Com certeza facilitará sua popularidade e aumentará seu lucro!

Delicias – Água na Boca

A Padaria Guerin deixava qualquer um com água na boca com seus pratos deliciosos, abaixo confira algumas das delicias que eram servidas na antiga Padaria Guerin…

Fougasse aux olives

fougasse aux olives

fougasse aux olives

Esse é um tipo de pão muito popular na região da Provença. Ele é um parente da focaccia italiana e seu principal ingrediente é a azeitona preta.

Baguette

baguette

baguette

Ícone parisiense e símbolo da gastronomia francesa, a baguette ideal deve ter casca dourada e crocante com miolo macio e perfumado. Perfeita para degustar com queijos, frios e
doces sazonais.

Tartelette de Quetsches

tartelette de quetsches

tartelette de quetsches

A tartelette de “quetsches” é uma especialidade da Alsácia, região francesa na fronteira com a Alemanha e a Suíça. Além das ameixas azuis, típicas do local, a tortinha traz o sabor da amêndoa em forma de creme e em finas fatias.

Tartelette Tropical

tartelette tropical

tartelette tropical

Essa tartelette era elaborada com uma base de massa de amêndoas coberta com mousse de maracujá e pedaços de frutas tropicais.

Brioche Kugelhopf

brioche Kugelhopf

brioche Kugelhopf

O brioche Kugelhopf é típico da Alsácia, região francesa que faz fronteira com a Alemanha e Suíça. Consumido puro, com queijo ou geleia, acompanhado de café, chá ou suco, o Kugelhopf é ideal para o café da manhã e lanches.

Chocolat Framboise

Chocolat Framboise

Chocolat Framboise

O Chocolat Framboise é um rocambole de chocolate coberto com uma compota de framboesa caseira e um chocolate belga cremoso.
O casamento perfeito entre a frescura da framboesa e o requinte do chocolate.

Mousse au chocolat mi-amer

mousse au chocolat mi-amer

mousse au chocolat mi-amer

A mousse au chocolat mi-amer.
Feita com o melhor chocolate meio-amargo da Bélgica, coberta de nozes, avelãs, raspas de amêndoas e de chocolate.
Essa realmente era uma delicia incomparável.

Tartelette au chocolat amer

Tartelette au chocolat amer

Tartelette au chocolat amer

Tartelette au chocolat amer, Massa de creme de amêndoas coberta com uma camada voluptuosa de creme de chocolate amargo belga Callebaut.

Entremets

 

entremets

entremets

Os deliciosos “entremets”.

Aqui podemos ver:

  • Brownie noix de pecan
  • Romeu e Julieta
  • Chocolat framboise
  • Quatre fruits rouges

Fraisie

Fraisie

Fraisie

Torta que intercala camadas de dacquoise de amêndoas com creme de baunilha e morangos frescos. Para decorar a cobertura de suspiro caramelizado, os tradicionais macarons ganham forma de coração!

Rose de Bagatelle

Rose de Bagatelle

Rose de Bagatelle

Essas eram as tradicionais rosas vermelhas estão na receita do creme de baunilha que une a base de dacquoise de amêndoas à cobertura de suspiros franceses com morangos frescos.